PUBLICIDADE

Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020

Prefeito Hildon Chaves intervém na liberação do pagamento aos funcionários da empresa SIM

Com bancos fechados e a gerência querendo enviar ordem de pagamento para SP, corria-se o risco de prolongar por tempo indeterminado

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

A pronta intervenção do prefeito Hildon Chaves por mais uma vez, garantiu a liberação do pagamento dos salários atrasados dos meses de dezembro de 2019 e janeiro deste ano, além de ticket-alimentação, férias, três cestas básicas e multas, aos trabalhadores do consórcio SIM, responsável pelo transporte coletivo da capital.

Recentemente, com a anuência do prefeito Hildon Chaves, o município participou de acordo firmado entre o Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Transportes Urbano (Sitetuperon) e o Consórcio do Sistema Integrado Municipal de Transporte de Passageiro (SIM), no qual ficou acertado que o dinheiro de uma ação que tramita na Justiça Estadual, em razão da demora no reajuste do vale-transporte e que deveria ser pago ao Consórcio SIM, fosse reconhecido como direito dos trabalhadores.

O acordo foi feito na 6ª Vara do Trabalho de Porto Velho, em audiência presidida pela juíza do Trabalho, Cândida Maria Ferreira Xavier.

Na quarta-feira (18) a Justiça do Trabalho liberou alvará no valor de aproximadamente R$ 2 milhões para o pagamento diretamente aos trabalhadores, dos salários atrasados e benefícios pendentes.

Ocorre que devido a situação causada pela pandemia do Coronavírus, na qual os bancos e outros estabelecimentos restringiram seus horários de atendimento, a gerência do banco para onde foi liberado o recurso queria enviar a ordem de pagamento para São Paulo para que fosse feito por lá os depósitos. Se assim fosse feito, e com a nova rotina de trabalho adotada pelo banco, não se tinha previsão de quando o pagamento estaria efetivamente a disposição dos trabalhadores em suas contas.

O presidente do Sitetuperon, Francinei da Silva e o advogado do sindicato, Flávio Orlando, protestaram a recorreram ao prefeito Hildon Chaves para que os ajudasse. O prefeito interveio junto à gerência do banco que destacou quatro funcionários para trabalhar especificamente no depósito pessoal de cada um dos trabalhadores e assim foi feito.

No início da tarde desta segunda-feira (23) os trabalhadores do transporte coletivo já puderam sacar seus salários atrasados e outros benefícios incluídos.

Em agradecimento, Francinei da Silva gravou um vídeo (live) por meio de uma rede social ao lado do advogado Flávio Orlando, no qual reconhece e agradece ao empenho e intervenção direta do prefeito Hildon Chaves para que o imbróglio fosse finalmente resolvido.

Fonte: Comdecom

Com muito ❤️ por go7.site
⚙️