PUBLICIDADE

Quarta-Feira, 02 de Junho de 2021

Morre Jaime Lerner, ex-governador do Paraná e ex-prefeito de Curitiba

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
O político e urbanista Jaime Lerner morreu na manhã desta quinta-feira, 27, aos 83 anos, em Curitiba. Ex-governador do Paraná e ex-prefeito de Curitiba, Lerner estava internado desde da última sexta-feira 21, no Hospital Evangélico Mackenzie, na capital paranaense, e faleceu devido a complicações de uma doença renal crônica.

Na quarta-feira 26, o hospital afirmou que o quadro era grave, mas estava estável. Lerner apresentava um quadro infeccioso e precisou passar por sessões de hemodiálise. O sepultamento do ex-governador está previsto para as 15h desta quinta-feira, no Cemitério Israelita de Curitiba.

Lerner foi prefeito da capital paranaense por três vezes (1971-1974, 1979-1983 e 1989-1993) e governador do estado por dois mandatos (1995-2003). Arquiteto de formação, o político teve sua gestão em Curitiba marcada pela implementação da rede integrada de transporte, com vias expressas para ônibus.

Curitibano, Lerner nasceu em 17 de dezembro de 1937 e formou-se em arquitetura em 1964 pela Universidade Federal do Paraná. Cerca de um ano depois passou a trabalhar no Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc). Em 2002, Lerner foi presidente da União Internacional de Arquitetos (UIA). O político fundou ainda uma entidade sem fins lucrativos, o Instituto Jaime Lerner.

Durante a sua carreira como arquiteto e urbanista fez obras em várias cidades brasileiras, como Rio de Janeiro, Niterói, São Paulo, Natal, Salvador e Goiânia. Lerner lecionou na Universidade Federal do Paraná, foi professor convidado nas universidades norte-americanas Berkeley, Cincinnati, Columbia e na instituição de ensino superior japonesa de Osaka.

Lerner foi reconhecido internacionalmente. Entre os prêmios recebidos pelo arquiteto está o U.S Worldwatch Institute, pelo sistema de transporte coletivo de Curitiba, em 1991; o Prêmio Máximo das Nações Unidas para o Meio Ambiente, em 1990 e o Prêmio Pioneiro do Conselho Internacional de Comunidades com Visão Solidária, em 2021.

Fonte: Veja

Com muito ❤️ por go7.site
⚙️