PUBLICIDADE

Terça-Feira, 24 de Novembro de 2020

Equipamentos de respiradores estão mofando no almoxarifado da Sesau, denuncia empresários

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Enquanto as vítimas do coronavírus morrem nos corredores por falta de leitos de UTI nos hospitais públicos de Porto Velho, cerca de 50 aparelhos chamados de respiradores estão “guardados” desde de 2017 no almoxarifado da Secretaria Estadual de Saúde.

A denúncia foi feita por empresários do grupo Pensar Rondônia. O caso foi confirmado pelo deputado federal Lúcio Mosquini  (MDB) autor da emenda que originou a compra de dezenas de equipamentos hospitalares. O parlamentar confirmou que os equipamentos foram comprados pelo governo estadual para equipar o futuro hospital do município de Guajará-Mirim, obra que nunca foi concluída.

Desde 2017, portanto há três anos, os equipamentos estão amontoados no almoxarifado da Sesau.

Enquanto isso pessoas padecem nos hospitais de Porto Velho por falta de respiradores e outros insumos necessários para atendimento de pacientes contaminados pelo coronavírus.

O deputado Lúcio Mosquini disse a empresários que está em contato com o governo e a prefeitura de Guajará-Mirim para definir a destinação dos equipamentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️ por go7.site
⚙️