PUBLICIDADE

Segunda-Feira, 23 de Novembro de 2020

A Polícia está próxima de prender o ex-presidente Carlão de Oliveira?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

A prisão de Moisés José Ribeiro de Oliveira, ex-diretor financeiro da Assembleia Legislativa de Rondônia, ocorrida ontem (09), dia dos Pais, joga luzes para um tema até então esquecido pela população rondoniense: o escandaloso esquema de corrupção infiltrado no poder que culminou na operação Dominó de 2006.

Condenado a 26 anos de prisão e com seis mandados de prisão em aberto, Moisés Oliveira pode ser peça chave para a polícia chegar ao também condenado Carlão de Oliveira, ex-presidente da Assembleia Legislativa e o pivô da operação Dominó. O ex-deputado Carlão de Oliveira é irmão de Moisés. Carlão foi condenado a mais de 16 anos de prisão em regime fechado, mas, não foi preso e é considerado foragido da Justiça.

De acordo com a sentença da justiça rondoniense, Carlão de Oliveira desviou dinheiro usando licitação, empréstimos, empresas privadas, por meio de uma organização criminosa produzida por ele dentro do Poder Legislativo Estadual no período de 2004 a 2005. O ex-presidente chegou a ser preso duas vezes pela polícia mas agora é considerado foragido e condenado.

A investigação da operação Dominó apontou que a quadrilha instalada dentro da Assembleia Legislativa desviou mais de 11 milhões de reais em apenas um ano.

Entre os condenados na época estavam o irmão de Carlão, Moisés de Oliveira e a ex-deputada Ellen Ruth. Chegaram a ser presos os ex-deputados Haroldo Santos, João da Muleta, Ronilton Capixaba, Amarildo de Almeida e Daniel Neri, este último cumpria prisão domiciliar por motivos de saúde.

Além deles, outros 17 acusados puderam recorrer em liberdade. No ano passado, a justiça rondoniense julgou os recursos de 17 acusados de participação nos crimes, entre eles deputados, empresários, apresentador de TV e servidores públicos.

Onde está Carlão?

O ex-presidente Carlão de Oliveira chegou a ser preso duas vezes pela polícia mas, sabe-se lá como, agora é considerado foragido e condenado.

Fonte: Noticiaro.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️ por go7.site
⚙️