PUBLICIDADE

Sábado, 28 de Novembro de 2020

Homem é preso pilotando embriagado. Ele também era procurado por assassinato

O motociclista estava com três pedras de crack e sem carteira de habilitação

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

A Polícia Rodoviária Federal, na tarde dessa terça-feira (17), prendeu, em Porto Velho, na BR 319, um foragido da justiça cometendo diversos crimes. O homem estava conduzindo uma motocicleta e além dos crimes constatados durante a fiscalização, também apresentava sinais de embriaguez.

Durante patrulhamento, PRFs avistaram uma motocicleta sem placa sendo conduzida por um indivíduo que estava ziguezagueando na pista e ameaçando colidir em outros veículos. Foi dada ordem de parada e o condutor se identificou, porém não apresentou nenhum documento que comprovasse sua identidade, além disso, foi observado que o motorista apresentava sinais visíveis de embriaguez.

Em busca pessoal, foi encontrada três porções de substância análoga a crack. Ao verificar os sinais identificadores do veículo, foi notado que estes estavam suprimidos, ou seja, não possuía número do motor e nem número de identificação veicular (chassi). Ao ser realizado o teste do bafômetro, constatou-se um teor de álcool expelido pelos pulmões do homem, confirmando então a suspeita dos policiais.

Em consulta ao sistema do DENATRAN, foi apurado que o mesmo não possuía CNH. Mas ao ser consultado na central de flagrantes, no Banco Nacional de Mandado de Prisão pelo nome da mãe, averiguou-se que havia um mandado de prisão em seu nome. Sendo questionado sobre seu verdadeiro nome, o mesmo confirmou que realmente se tratava dele e que havia mentido pois sabia que estava foragido.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão pelos crimes de porte de droga para consumo, falsa identidade, mandado de prisão por lesão corporal seguido de morte, adulteração de sinal identificador de veículo automotor, dirigir veículo automotor, em via pública, sem a devida permissão para dirigir ou habilitação e, ainda, se cassado o direito de dirigir, gerando perigo de dano e conduzir veículo com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool. O homem foi encaminhado para a Central de Flagrantes, onde foi aberto um inquérito policial para procedência dos fatos.

Fonte: Agência Notícia PRF

Com muito ❤️ por go7.site
⚙️