PUBLICIDADE

Terça-Feira, 24 de Novembro de 2020

Jair Monte desmente coronel e diz que dívida da Energisa continua

Deputado quer ter certeza da legalidade na negociação de hospital

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

 

O deputado Jair Monte (Avante) lamentou nesta terça-feira (19), durante sessão ordinária na Assembleia Legislativa, as afirmações do diretor geral do DER, coronel Meireles. De acordo com o parlamentar, Meireles garantiu a uma emissora de rádio que o Tribunal de Contas havia perdoado a dívida bilionária da empresa para com o governo local.

Montes esclareceu que o TC não tem o poder de perdoar dívida da Energisa e de nenhuma outra companhia. “Isso não é atribuição do tribunal. Não compete aos conselheiros tal procedimento,” disse, acrescentando que a concessionária de energia elétrica continua devendo R$ 2 bilhões aos cofres públicos.

Em aparte, o presidente do Poder, Laerte Gomes (PSDB), confirmou a fala do dirigente do DER e informou que ele (coronel Erasmo Meireles e Sá) até aumentou o valor do débito, ao conceder entrevista a uma emissora de rádio de Ji-Paraná. “Ele (o coronel) disse que o Tribunal de Contas perdoou a dívida. Eu mesmo escutei.”

Ainda falando da tribuna, Jair Montes lembrou que foi eleito também para fiscalizar gastos públicos. “Não sou contra a compra do hospital Regina Pacis pelo governo do Estado, mas apenas quero verificar se a negociação foi feita dentro da legalidade e por um valor compatível com o preço real de mercado do imóvel,” explicou.

O deputado disse ainda que mandou ofício para a Secretaria de Saúde solicitando pormenores da transação financeira e endereçou cópias do documento para os órgãos de controle do Estado e, inclusive, para a Polícia Federal. “A população cobra transparência,” destacou.

 

 

Fonte: Antônio Pessoa-ALE/RO Foto: Marcos Figueira

Com muito ❤️ por go7.site
⚙️