PUBLICIDADE

Terça-Feira, 24 de Novembro de 2020

Eu não vou mandar comerciante fechar nada, diz prefeito de Ouro Preto do Oeste sobre a fase 1

Prefeito diz que, no momento, não vai cumprir regras que enquadraram o município na fase 1

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

O prefeito da Estância Turística de Ouro Preto do Oeste, Vagno Gonçalves Barros (Panissoly), afirmou, na manhã desta sexta-feira (14), durante programa de jornalismo da Rondônia FM, que no momento Ouro Preto vai manter da forma que está. Disse que não irá fechar nada e que também não irá mandar comerciante fechar nada.

No áudio enviado à rádio, Panissoly referia-se ao Decreto Estadual n° 25.049/2020, bem como à Portaria Conjunta da SESAU n° 16/2020, que enquadrou desde a última sexta-feira (14), sete municípios na fase 1. Entre eles, Ouro Preto do Oeste. Dentre várias regras, impõe-se a do distanciamento social e da abertura apenas dos estabelecimentos comerciais tidos como essenciais.

O chefe do Poder Executivo ressaltou que nunca concordou com a forma com que foram feitas as ponderações do decreto, principalmente neste momento, ao falar que Ouro Preto entrou na fase 1. “Eu achei um pouco desnecessário, tendo em vista a realidade que Ouro preto está vivendo hoje. Estamos com apenas duas pessoas na UTI e uma internada em leito clinico, 573 pessoas infectadas, com mais de 300 curadas e 15 mortes, sendo que desde o dia 4 de agosto não faleceu ninguém por covid-19”, frisou.

Vagno informou que sua equipe está providenciando toda documentação e que naquela mesma manhã de sexta-feira iria fazer um ofício juntamente com várias provas e enviar para a equipe do governo para que eles verifiquem e observem a situação em que Ouro Preto de fato está. Disse ainda que deixaria prontos documentos, caso a Justiça o interpelar se Ouro Preto irá adotar as regras do enquadramento da fase 1.

Lembrou também que colocou carros de som na rua pedindo para que as pessoas que tiverem sintomas gripais iniciais, que procurem imediatamente um posto de saúde mais próximo de sua residência. E que o número de entrega de kits covid-19, visando tratamento precoce do coronavírus, passou de 25 para 150 diariamente na Farmácia Básica, além de ter contratado agentes para trabalhar na Vigilância Sanitária.

Frisou que a equipe da Vigilância Sanitária vem realizado um trabalho diário, dia e noite, em restaurantes, bares, academias e demais estabelecimentos comerciais, onde tem comprovado que a situação está satisfatória. Que o comércio não está sendo um propagador de vírus e que o comércio é de grande importância para a sobrevivência de todos.

“A situação que nós estamos vivendo aqui não condiz com a realidade do decreto, de que devemos estar na fase 1. Então, no momento, Ouro Preto vai manter da forma que está, eu não vou fechar nada, eu não vou mandar comerciante fechar nada, fecha aquele que quiser fechar. Mas, acredito que todos vão estar com este mesmo pensamento e a prefeitura vai fazer o seu papel diante da justiça e também diante do nosso governo, demonstrando a situação em que Ouro Preto está”, argumentou Vagno.

Fonte: Gazeta Central

Com muito ❤️ por go7.site
⚙️