PUBLICIDADE

Domingo, 06 de Junho de 2021

O Dia na História – 30 de janeiro

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Em 1908 – Ganhador da concorrência para construir a Ferrovia Madeira-Mamoré, o engenheiro Joaquim Catramby anuncia vende a concessão à empresa Madeira Mamoré Railway (EUA). Em 1978 – Pelo Decreto 81.272, o governador Humberto da Silva Guedes eleva à condição de distrito de Ji-Paraná a vila de Presidente Médici.

COMEMORA-SE
Dia Nacional da Saudade. Dia Nacional das Histórias em Quadrinhos. Dia do Padrinho, Dia do Portuário e Dia da Não Violência. Dia da Ginástica Olímpica. Católicos lembram Santa Marinha, Santa Jacinta Mariscotti e São Gabriel da Virgem.

FATOS
516 a.C. — Término da construção do Segundo Templo de Jerusalém. 1869 — Angelo Agostini public NAna revista A Vida Fluminense, As Aventuras de Nhô Quim ou Impressões de Uma Viagem à Corte, primeira história em quadrinhos brasileira e uma das mais antigas do mundo.

1979 — Boeing 707-323C cargueiro da Varig, desaparece sobre o oceano Pacífico 30 minutos depois de decolar de Tóquio. 1989 – O Papa João Paulo II publica “Christi Fideles Laici”, pedindo a leigos católicos participação mais ativa na vida política.

FOTO DO DIA
A foto é um fragmento de um título (bond certificate) datado de outubro de 1910, emitido pelo Bank of Scotland, da Madeira-Mamoré Railway Company, indicando que a empresa funcionava sob as leis do Estado do Maine (EUA). Esse título era garantido pelo Porto do Pará (Port of Para), uma corporação do Maine, fundada pelo engenheiro Percival Farquhar. (https://www.brasil-turismo.com/rondonia/madeira-mamore.htm). A concorrência para a construção da Ferrovia Madeira-Mamoré teve como ganhador foi o engenheiro Joaquim Catramby, conforme o historiador Francisco Matias, lembrando que “ele era testa-de-ferro do empresário Percival Farqhuar (EUA), e logo negociou com Farqhuar que mandou construir a estrada de ferro. O encilhamento” era legal, mas considerado aético e imoral”. Catramby sempre vencia e vendia editais e fez a mesma coisa a favor de Farqhuar.

Fonte: Lúcio Albuquerque - [email protected]

Com muito ❤️ por go7.site
⚙️